segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Policial civil é preso após matar irmã também policial em briga por heranca

O policial Fernando Rogério no banco de trás da viatura
BLOG REGIONAL DO CSCS POÇOS DE CALDAS

Baleada pelo irmão durante uma discussão por causa de uma herança de família, a policial civil Glória Fabiane morreu no fim da noite de domingo no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. O atirador, o também policial civil Fernando Rogério de Souza Melo, lotado na 15ª DP (Gávea), se entregou depois uma negociação que contou com a ajuda de outro irmão, também policial civil. Os disparos foram feitos na casa onde os dois moravam, na Rua Maria Eugênia 221, no Humaitá, Zona Sul do Rio.
Fernando Rogério foi autuado por homicídio e depois levado para o Instituto Pinel para tratar de supostos problemas mentais. O motivo do crime teria sido, segundo a polícia, uma disputa pela casa, de dois andares, onde moravam, que é uma herança da avó.
A vítima foi socorrida depois que uma parente procurou ajuda no quartel dos Bombeiros do Humaitá. O irmão que negociou a rendição, identificado apenas como Francisco, relatou que estava em casa na Tijuca quando soube do caso. Ele reclamou que antes de uma conhecida ir ao quartel teve dificuldades para conseguir uma ambulância.
- E só pedir as gravações. O quartel dos bombeiros alegava que era com o Samu. E o Samu dizia que a questão era caso de polícia. Deu tempo de chegar em Botafogo e eu mesmo tratar do caso - disse o policial, cuja camisa tinha marcas de sangue.
Os tiros assustaram moradores e comerciantes no entorno. Os disparos puderam ser ouvidos nas imediações da Cobal do Humaitá. O caso foi registrado na 10ª DP (Botafogo). Mas, após a morte de Glória, a Delegacia de Homicídios (DH) da capital assumiu as investigações do caso.
De acordo com o relato do porteiro de um prédio, o tiroteio durou pelo menos 20 minutos.
- Eu cheguei a ouvir uma rajada - contou uma testemunha, que conta que logo após os primeiros tiros uma mulher desceu e procurou ajuda no Corpo de bombeiros do Humaitá. Segundo um soldado dos bombeiros, a vítima foi socorrida por uma ambulância da corporação. O policiamento foi reforçado no local.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/policial-civil-preso-apos-matar-irma-tambem-policial-em-briga-por-heranca-20747200.html#ixzz4VG4QFSUU
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
Para anunciar aqui faça contato com (35) 3715-7938

Poltrona 1 Turismo

Poltrona 1 Turismo
Venha viajar com a gente!

JEIZA MANICURE "UNHAS EM GEL"

JEIZA MANICURE "UNHAS EM GEL"
TELEFONES - (35) 3721-3625 e (35) 9 9943-0635 E-mail: jeizaxu@hotmail.com

JARDIM SECRETO OUTLET INFANTIL

JARDIM SECRETO OUTLET INFANTIL
JARDIM SECRETO OUTLET INFANTIL

WHATSAPP da Regional do Cscs Poços de Caldas

WHATSAPP da Regional do Cscs Poços de Caldas
Deixe sua mensagem

CENTRO SOCIAL DOS CABOS E SOLDADOS

Seguidores do Blog:

Total de visualizações de página

Postagem em destaque

Padre Capelão Militar da 6º RPM de Lavras realizará missa em Poços de Caldas

Imagem retirada da Internet O Padre Capelão Militar  Major Neidir Nogueira Vale dará a honra de sua visita à Poços de Caldas, e nos ...

Arquivo do blog