sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Coronel suspeito de corrupção Oficial teria cobrado R$ 2.000 de comerciantes para instalar postos da polícia em estabelecimentos

1
BLOG REGIONAL DO CSCS POÇOS DE CALDAS
A Polícia Civil de Juiz de Fora, na Zona da Mata, investiga uma denúncia de corrupção passiva contra o tenente-coronel da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) Sebastião Perpétuo Justino, ex-comandante do 27º Batalhão, responsável pelo patrulhamento das regiões Norte, Sul e Cidade Alta do município. Ele é suspeito de cobrar propina mensal de R$ 2.000 de comerciantes para instalação e manutenção de pontos de apoio de Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), usados pela polícia para a elaboração de boletins de ocorrência.
O caso foi encaminhado para a Polícia Civil após uma denúncia feita pela 15ª Promotoria de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), em novembro do ano passado. O procedimento foi posto sob sigilo pelo promotor Paulo Emílio Coimbra do Nascimento, que não quis se pronunciar sobre o caso.
A denúncia foi recebida pela 3ª Delegacia de Polícia Civil de Juiz de Fora no dia 15 de dezembro do ano passado, e o inquérito foi aberto no dia 2 de janeiro. O delegado responsável pelo caso, Rodolfo Rolli, também preferiu não conceder entrevista para não interferir nas investigações. Ele já está ouvindo as testemunhas e coletando provas e só irá se manifestar ao fim das apurações.
Segundo o registro policial da denúncia, Justino “teria se utilizado do cargo de comandante do 27º Batalhão para, por meio de ligações telefônicas, oferecer a proprietários de postos de gasolina e estabelecimentos comerciais de grande movimentação financeira a implantação do posto de Reds mediante o pagamento mensal de R$ 2.000”. Ainda segundo o documento, o dinheiro deveria ser entregue pessoalmente ao policial.
Corregedoria. Além da investigação da Polícia Civil, a conduta do tenente-coronel Justino também está sendo apurada pela própria Polícia Militar. Em nota, a corporação afirmou que o comando já tem conhecimento da “suposta acusação envolvendo o oficial lotado na 4ª Região da Polícia Militar em Juiz de Fora”.
Ainda de acordo com a nota, foi instaurado um processo administrativo pela Corregedoria para apurar os fatos. Segundo a PM, o tenente-coronel Justino terá a chance de se defender das acusações de corrupção.
“Os envolvidos serão devidamente ouvidos respeitando a ampla defesa e o contraditório, bem como o devido processo legal em compromisso inarredável com a lisura, transparência e os preceitos constitucionais”, afirmou a corporação, por meio do comunicado.
A Polícia Militar ainda reforçou que o oficial “não exerce função de comando desde janeiro de 2016”. Ele havia assumido o 27º Batalhão em fevereiro de 2015.
Inquérito
Prazo. Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o prazo para a conclusão do inquérito é de 30 dias, mas esse tempo pode ser estendido caso haja necessidade
de mais apurações.


HISTÓRICO

Currículo. O tenente-coronel Sebastião Perpétuo Justino tem 49 anos, nasceu em Santos Dumont, na região da Zona da Mata, e entrou para a Polícia Militar em 1990. Na corporação, ele já exerceu outros cargos de comando, um deles na 4ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito Rodoviário, também em Juiz de Fora.


PARCERIA

Instalação de ponto de apoio é gratuita

A instalação dos pontos de apoio de Registro de Eventos de Defesa Social (Reds) pela Polícia Militar é gratuita e feita após uma solicitação do comerciante. Os locais são utilizados pelos policiais para o preenchimento de documentos, como o boletim de ocorrência, e evitam o deslocamento das viaturas até delegacias para os registros de crimes. Além disso, os pontos aumentam a segurança dos comércios, já que são usados com frequência pelos militares.
A decisão de instalação é da PM, que avalia, após uma requisição do lojista, se o local está em uma chamada Zona Quente de Criminalidade e, a partir daí, oferece um convênio com o dono do estabelecimento.
Ao comerciante, cabe apenas a manutenção do espaço, que deve contar com um computador e o acesso à internet. Não é feito nenhum tipo de cobrança financeira mensal. (JRF).
fonte:http://www.otempo.com.br/
Compartilhar:

0 comentários:

Postar um comentário

Anuncie aqui!

Anuncie aqui!
Para anunciar aqui faça contato com (35) 3715-7938

Poltrona 1 Turismo

Poltrona 1 Turismo
Venha viajar com a gente!

JEIZA MANICURE "UNHAS EM GEL"

JEIZA MANICURE "UNHAS EM GEL"
TELEFONES - (35) 3721-3625 e (35) 9 9943-0635 E-mail: jeizaxu@hotmail.com

JARDIM SECRETO OUTLET INFANTIL

JARDIM SECRETO OUTLET INFANTIL
JARDIM SECRETO OUTLET INFANTIL

WHATSAPP da Regional do Cscs Poços de Caldas

WHATSAPP da Regional do Cscs Poços de Caldas
Deixe sua mensagem

CENTRO SOCIAL DOS CABOS E SOLDADOS

Seguidores do Blog:

Total de visualizações de página

Postagem em destaque

Padre Capelão Militar da 6º RPM de Lavras realizará missa em Poços de Caldas

Imagem retirada da Internet O Padre Capelão Militar  Major Neidir Nogueira Vale dará a honra de sua visita à Poços de Caldas, e nos ...

Arquivo do blog